PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Sedet discute estratégias para crescimento econômico do Ceará com integrantes da Rede de Desenvolvimento

9 de maio de 2019 - 14:11 #

Matéria: Asscom Sedet

A Secretaria do Desenvolvimento do Trabalho (Sedet) promoveu nesta quarta-feira (08) a última etapa do Seminário Estratégico. O evento foi realizado no Hotel Costa do Mar e reuniu secretários estaduais, dirigentes e técnicos dos órgãos que compõem a Rede de Desenvolvimento Econômico do Estado, coordenada pela Sedet. Na ocasião foram compartilhadas diretrizes e planos norteadores do desenvolvimento econômico com os demais parceiros do Governo com foco no crescimento econômico com componentes da Rede.

Durante o evento o secretário executivo de Comércio, Serviços e Inovação da Sedet, Julio Cavalcante, apresentou o Plano de Desenvolvimento Econômico, elaborado pela consultoria portuguesa SPI/Quanta. O presidente da Fundação Astef, Barros Neto, apresentou a Plataforma Ceará 2050. E, por fim, alguns indicadores econômicos do Ceará foram apresentados pelo diretor de Estudos Econômicos do Ipece, Adriano Saquis.

Após as apresentações, o secretário Maia Júnior reforçou a criação da Rede de Desenvolvimento e a importância de se trabalhar em parceria. “Precisamos trabalhar juntos para atingir nossas metas: aumentar a geração de empregos, aumentar a média salarial dos cearenses e crescer a participação do PIB do Ceará no PIB nacional. Sozinhos não iremos a lugar nenhum”, afirmou o titular da Sedet.

Os secretários do Turismo, Arialdo Pinho, e da Cultura, Fabiano Piúba, e o secretário executivo de Planejamento e Gestão Interna do  Desenvolvimento Agrário, José Leite, também tiveram a oportunidade de reforçar o trabalho que pode ser executado pela Rede com o objetivo de impulsionar a economia do Estado. Juntamente com a Sedet, essas são as Secretarias protagonistas no desenvolvimento do Ceará.

Na ocasião também foram apresentados os “Agentes de Desenvolvimento”, técnicos indicados pelos dirigentes de todos os 18 órgãos que compõem a Rede. A Rede é composta pelas vinculadas da Sedet (Adagri, Adece, Codece, CIPP, IDT, Jucec e ZPE) e os seguintes órgãos estaduais: Secretaria da Cultura (Secult), Secretaria  do Turismo (Setur), Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag),Secretaria  da Infraestrutura (Seinfra), Secretaria da Educação (Seduc), Secretaria da Fazenda (Sefaz), Secretariada Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), Secretaria das Cidades, Secretaria dos Recursos Hídricos (SRH), Secretaria do Meio Ambiente (Sema), Procuradoria Geral do Estado (PGE), Funcap, Ipece, Etice, Corpo de Bombeiros, Semace e Assessoria de Relações Internacionais da Casa Civil.

Com a última etapa do Seminário realizada, uma agenda de compromissos será construída e envolverá cada órgão presente na Rede de Desenvolvimento do Estado. “Esse encontro teve o objetivo de criar uma integração e articulação entre todos os órgãos responsáveis pelo desenvolvimento econômico do estado. A nossa ideia é a criação de uma rede pró-desenvolvimento do Ceará. Precisamos eleger uma plataforma de clusters e criar uma ambiência para que a economia cearense seja atraente para novos investidores e, consequentemente, gere emprego e renda para o Estado”, afirmou o secretário Maia Júnior.