Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Notícias Ajuste fiscal do Estado do Ceará é tema de palestra em solenidade de abertura do 36º ENAJ
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Ajuste fiscal do Estado do Ceará é tema de palestra em solenidade de abertura do 36º ENAJ
Dom, 27 de Agosto de 2017 20:42

 

 

A solenidade de abertura oficial do 36º Encontro Nacional das Juntas Comerciais, ENAJ, realizada na quinta-feira (24/08), no Marina Park Hotel, na presença de representantes das juntas e autoridades. Na cerimônia, que contou com as presenças do ministro substituto da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, MDIC, Marcos Jorge de Lima, o secretário da Micro e Pequena Empresa, José Ricardo da Veiga, diretor do Departamento de Registro Empresarial e Integração, DREI, Conrado Fernandes, entre outras autoridades, o secretário da Fazenda do Estado do Ceará, Mauro Filho, ministrou a palestra “Cenário e perspectivas da Gestão Fiscal e Educacional”.


“É preciso olhar para a fora da Junta Comercial, para o empreendedor”, falou a presidente da Jucec, Carolina Monteiro, em sua fala de boas vindas aos convidados e participantes do evento. Monteiro relembrou a necessidade de mudança a fim de “melhorar o ambiente de negócios no estado, prestando um serviço público de excelência e dentro da legalidade".


O presidente da Federação Nacional das Juntas Comerciais, Fenaju, e da Junta de Goiás, Rafael Lousa, destacou que “as Juntas têm características singulares, é ser um órgão superavitário no país que tem um déficit fiscal como nós temos. A Junta é um exemplo de serviço público eficiente que entrega resultados e faz o necessário e essencial com menos daquilo daquilo que arrecada”. Lousa completou que as juntas “são agentes da modernização e simplificação, e o 36º ENAJ é um momento de congratulações em função dessa evolução”.



Já o ministro Marcos Jorge de Lima reforçou a importância da modernização e simplificação de negócios, que tanto impacta os investimentos no país. “Há uma preocupação do MDIC em avançarmos na modernização e simplificação, que é objeto de ampla discussão”. Ele parabenizou o Ceará e a prefeitura de Fortaleza pelas ações com o intuito de simplificar e colaborar com a ambiência de negócios. O ministro também falou sobre o Portal do Comércio Exterior, “que já está em funcionamento, para nossas importações. Segundo a Fundação Getúlio Vargas, a partir do primeiro ano de pleno funcionamento do portal, teremos impacto de 1,5 no PIB, o que é extremamente significativo”.


Gestão Fiscal


Na palestra “Cenário e perspectivas da Gestão Fiscal e Educacional”, o secretário Mauro Filho destacou as ações positivas que vêm sendo realizadas para o ajuste fiscal do Estado do Ceará.

Segundo Mauro Filho, “as políticas públicas de redução da carga tributária, o rigor no controle dos gastos, a desburocratização e a inovação tecnológica, o que a Junta Comercial vem realizando, são o conjunto de medidas que fazem do Ceará o estado mais ajustado fiscalmente”, O secretário também comentou as que, apesar da crise, o Estado tem conseguido manter investimentos e citou programas lançados na área da educação, como o Programa Aprendizagem na Idade Certa, MAIS PAIC.

 

 

 

Assessoria de Imprensa da Junta Comercial do Estado do Ceará

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

 

Calendário

Novembro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2



-->