RedeSimples: Jucec reúne 9 municípios para capacitação

17 de Abril de 2018 # # #

Matéria: Thais Brandão e Mariana Menezes
Fotos:Thais Brandão

Os municípios passarão a emitir o alvará de funcionamento, licença sanitária, inscrição municipal e registro sanitário pelo Portal de Serviços.

A Junta Comercial do Estado do Ceará, Jucec, promoveu, hoje (17/04), no auditório da Autarquia, capacitação para integração à RedeSimples para 9 municípios cearenses. Os servidores municipais de Solonópole, Fortim, Piquet Carneiro, Santana do Acaraú, Pacajus, Itaiçaba, Horizonte, Bela Cruz e Tianguá participaram da reunião e passarão a emitir o alvará de funcionamento, licença sanitária, inscrição municipal e registro sanitário pelo Portal de Serviços. A capacitação foi ministrada pelo gerente de projetos da Jucec, Victor Lima.

O vice-presidente da Junta Comercial, Caio Rodrigues, iniciou a capacitação destacando a importância do termo de adesão dos municípios à Rede, “a adesão faz com que o município se integre a RedeSimples e possa prestar todos os serviços de formalização de empresas do Portal de Serviços. Temos uma única finalidade: tornar a atividade empreendedora empresarial mais simples, mais rápida e menos burocrática ao usuário e ao contribuinte”.

Caio Rodrigues também destacou os benefícios da adesão do município a RedeSimples “ a Rede é uma união de esforços de entes parceiros para que o ambiente de negócios do município seja desburocratizado e que o sistema de fato facilite a vida do empreendedor, bem como facilita também a vida do município, pois não haverá necessidade do constante deslocamento ao órgão para obter informações e legalidades necessárias, e, assim, ele poderá fazer isso de forma mais clara por meio de um único portal.

De acordo com o auditor fiscal da prefeitura de Horizonte, Dionélio Cavalcante, a adesão ao e.simples vai facilitar para o cidadão e para a prefeitura. “A prefeitura terá acesso às informações das empresas pelo sistema, o que facilitará o trabalho realizado pela Secretaria de Finanças, tornando a liberação da inscrição municipal e do alvará de funcionamento mais célere”.